top of page

PATOLOGIA EM ESTACA TIPO HÉLICE CONTÍNUA: ESTUDO DE CASO

O crescente uso das estacas hélice contínua no Brasil e o fato das mesmas ainda serem uma novidade tecnológica, com aspectos de seu comportamento e controle executivo ainda controversos na comunidade geotécnica, faz com que exista a necessidade de estudos complementares destinados ao conhecimento mais acertado do controle de execução dessas estacas.

Com o objetivo de compreender melhor os problemas de execução das estacas hélice contínua, este trabalho apresenta e estuda as possíveis causas de uma patologia específica em estacas hélices contínuas. Foram estudas 47 estacas de fundação com 12 m de profundidade. O perfil geotécnico local de implantação das mesmas foi estudado por meio de ensaios SPT e é formado por solos arenosos. Foram realizados ensaio de integridade em todas as estacas e analisados os resultados de monitoramento gerados pela perfuratriz. Os resultados das análises não foram conclusivos, mas tendênciam para problemas na dosagem do concreto.


Palavras-chave: Estacas Hélice Contínua, Execução, Patologias


YANI GONÇALVES PEREIRA - Niterói 2022


Orientador: Prof. Dr. Rubenei Novais Souza




Comments


whatsapp-image
bottom of page