top of page

ANÁLISE COMPARATIVA ENSAIO DE CARREGAMENTO DINÂMICO E ESTÁTICO COM MÉTODOS DE CÁLCULO SEMIEMPÍRICOS

O estudo se resume em a comparação dos resultados dos Ensaios, in loco, Dinâmico e de Carregamento Lento (este último que necessitou ser extrapolados pelo método de Van Der Veen, de acordo com a NBR 6122), com os métodos de cálculo semiempíricos de Aoki-Velloso e Decourt-Quaresma. Para tal, foram usadas como dados dez estacas de perfil metálico tipo I na fundação de um prédio comercial na região sul da cidade de Belém do Pará, onde a estratigrafia é composta por camadas intercaladas de areias compactadas à compactas medias e argilas mole à rijas. A metodologia do estudo se deu pela comparação dos valores de carga mobilizada perante os parâmetros de transferência de carga. Com base nos resultados foram gerados gráficos de força mobilizada em relação ao deslocamento. Foram atingidos resultados satisfatórios, levando-se em comparação o Brazilian Journal of Development ISSN: 2525-8761 103025 Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.11, p. 103024-103039 nov. 2021 comprimento das estacas, com proximidade aos valores dos métodos de Aoki-Velloso e Decourt-Quaresma.


Alcides Gomes Moreira Neto

Graduado em Engenharia Civil, pela Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará


Caio José Bastos Marques dos Santos

Mestre em Engenharia Civil, pela Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará


Euler Santos Arruda Junior

Mestre em Arquitetura e Urbanismo, pela Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Paráeuler_arruda@hotmail.com


Julio Augusto de Alencar JuniorDoutor em Engenharia Civil, pela University of Alberta, CanadáUniversidade Federal do Pará








whatsapp-image
bottom of page